No sábado, dia 9 de Abril, no Centro de Congressos e Desportos de Matosinhos, abordei a temática da inovação em organizações desportivas. Estas foram as 11 ideias-chave: 1. Pensar global, atuar no local 2. Os influenciadores são as novas estrelas 3. Ser parte da solução 4. Pensar o negócio de forma vertical e horizontal 5.

No passado sábado, dia 22 de Outubro, voltei a repetir a experiência de mentoria em mais um Pitch Bootcamp da Spark Agency. O evento teve lugar no ISEP,  e constituiu-se como mais uma oportunidade para otimizar a proposta de valor de diversos jovens cheios de talento. http://www.sparkagency.pt/

It’s becoming more and more challenging in today’s competitive world to gain brands, media and fans attention. If you are an athlete looking for good endorsement deals (and let’s face it, elite sport is a business so you need to get as many sponsors as you can to ensure you not only survive but also

Quando falamos na gestão de uma marca, seja ela pessoal ou não, é essencial definirmos as variáveis que lhe permitirão ser alavancada de forma eficiente, criando-se, a médio e longo prazo, um acrescento de valor, vulgo brand equity, que influenciará a tomada de decisão do público consumidor de produtos e serviços relacionados com a área

As Digisport Talks são um espaço de discussão dos temas do marketing desportivo e digital no desporto. Nesta Talk falamos com Luís Costinha e Rui Canedo, responsáveis pelo desenvolvimento de marcas como a do Sporting Clube de Portugal, FC Porto e Espanyol de Barcelona, entre outras, sobre quais os principais erros na construção de marcas desportivas. Link

TOP UA-37139526-1