Quem quer ser como o Joãozinho e o Sergio Aguero?

by / Quinta-feira, 24 Janeiro 2013 / Published in Artigo Opinião, Artigos, Branding, Marketing, Marketing Desportivo, Marketing Digital

A criação de conversas bilaterais com os fãs com o objectivo de aumentar a sua envolvência com determinada marca ou organização, é essencial para que estes se sintam parte da mesma, se sintam ouvidos e, por isso, mais disponíveis para seguirem as actividades desta, adquirir os seus produtos e/ou serviços, passar a palavra aos pares sobre sobre esta, no fundo, gerar awareness sobre a marca ou organização em caso. Falamos de fãs engajados, isto é, pessoas activas e dinâmicas no que refere à criação de valor sobre determinado assunto.

O engagement é por isso algo fundamental quando falamos na definição e implementação de uma estratégia de comunicação no digital. Ultimamente, as organizações desportivas tem vindo a melhorar a sua performance nesse sentido, quer em Portugal quer no estrangeiro.

Esta semana assistimos a duas acções interessantes, de Beira-Mar e Manchester City, ambas veiculadas no Facebook, plataforma de social media perto de atingir os 1000 milhões de utilizadores em todo o mundo.

O Beira-Mar postou uma fotografia da mensagem que Joãozinho, transferido para o Sporting, deixou aos colegas de balneário, e o Manchester City um álbum do trabalho de ginásio efectuado pelos atletas.

Estas acções permitem, no meu entender, uma aproximação dos fãs a estes clubes, por diversos motivos:

1. Acedemos a um conteúdo de backstage, que nos transmite a sensação que estamos com os atletas, que acompanhamos diariamente a sua actividade como se estivemos ao lado deles. No fundo, como acompanhamos o percurso dos nossos amigos no Facebook, através das suas actualizações diárias, bidiarías, etc;

2. Permite um alto engagement dos fãs, pois transmite-se a sensação que este tipo de conteúdo não está acessível a todos. De certa forma os fãs sentem-se uns privilegiados por poderem saber o que se passa dentro de portas;

3. Aproxima-nos dos atletas que, muitas vezes, são os nossos ídolos. Dos atletas que ganham milhares de euros e que nos parecem tão distantes da realidade do nosso dia-a-dia. E afinal, percebemos que são pessoas como nós, e que fazem até muitas das actividades que nós fazemos diariamente. Veja-se por exemplo o caso do Sergio Aguero do Manchester City, a treinar com o TRX Rip Trainer. Este tipo de material está ao alcance de todos, e afinal acabamos por perceber que quando vamos ao ginásio, acabamos por fazer os mesmos exercícios que fazem estes “super-atletas”.

O social media marketing é uma realidade que veio para ficar. E o desporto, como fenómeno social que é, tem sido um campo fértil de boas práticas.

Subscreva a newsletter: http://bit.ly/newsmarcoscastro

Deixe uma resposta

You must be logged in to post a comment.

TOP UA-37139526-1
Read previous post:
Novo projecto: Desporto no Digital!

Iniciei esta segunda um projecto intitulado "Desporto no Digital", que penso ir colmatar a lacuna existente em Portugal na área...

Close