O presidente do Sporting Clube de Portugal irá processar vários sócios por difamação após comentários que lhe foram dirigidos no Facebook. No momento em que o clube e esta direção se encontram, percebo a estratégia utilizada, na medida em que se trata de um processo de afirmação da marca Sporting e da própria marca “Bruno

ANDEBOLO Sport Lisboa e Benfica, através do seu site oficial (ver aqui), criticou na passada sexta-feira o árbitro que apitou o encontro de Andebol entre as águias e os dragões, que terminou com a vitória destes últimos por 24-27. A crítica tem por base a atitude adotada por Rui Rodrigues no Facebook, onde é fã de páginas como “Anti-Benfica” ou “FCP Fans”.

A pergunta coloca-se: até onde vai a liberdade individual de cada um? Poderá esta liberdade ser condicionada em função do papel que a pessoa ocupa na sociedade?

Na passada segunda-feira desloquei-me ao estádio do dragão para assistir ao jogo entre o Porto e o Gil Vicente. Enquanto assistia ao encontro, dei por mim a reparar naquilo que no meu entender tem levado a que este clube tenha perdido um número considerável de espectadores na assistência aos jogos. Nos últimos dois encontros, o

A criação de conversas bilaterais com os fãs com o objectivo de aumentar a sua envolvência com determinada marca ou organização, é essencial para que estes se sintam parte da mesma, se sintam ouvidos e, por isso, mais disponíveis para seguirem as actividades desta, adquirir os seus produtos e/ou serviços, passar a palavra aos pares

As redes sociais são um importante veículo de comunicação para os atletas. Permitindo uma comunicação bidireccional, as redes sociais permitem aos fãs interagir com os seus atletas e ídolos, acedendo muitas vezes a conteúdos exclusivos a que de outra forma não teriam acesso. Os fãs conseguem ainda interagir em tempo real, e sentem-se mais próximos

TOP UA-37139526-1